Encontro Aberje Santa Catarina é realizado no Ágora Tech Park

Evento reuniu profissionais de comunicação para discutir narrativas engajadoras

Na quarta-feira, 14 de junho, o Ágora Tech Park recebeu a 2ª Edição do Encontro Aberje Santa Catarina, realizado pelo Capítulo da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial Santa Catarina. O evento reuniu profissionais da comunicação para discutir “Como construir narrativas de marca engajadoras em tempos de transparência absoluta”.

Raul Santahelena, gerente de publicidade e mídia da Petrobras, falou sobre truthtelling e a importância de se construir marcas humanas, autênticas e verdadeiras. “Pesquisas apontam que 74% das marcas poderiam desaparecer para os consumidores. Nosso desafio é nos tornar relevantes no mundo moderno”, ressaltou. Para ele, dizer a verdade não é mais o bastante, é preciso ser a verdade. “A comunicação com propósito traz resultados se estiver na cultura da empresa”, afirmou.

A implantação de uma rede social corporativa foi o desafio encarado pela Vibro, empresa de Curitiba, que se baseou na ferramenta para reestruturar a comunicação de uma grande indústria. Alessandra Bara Leoni, sócia-diretora da Vibro, destacou a importância dos relacionamentos para o engajamento das equipes. “A cultura transparente passa pelos bons relacionamentos e as conexões sociais”, apontou.

Patrícia Córdova Maia demonstrou a experiência à frente da Klabin, empresa centenária, que também reestruturou a comunicação para se aproximar da comunidade e agregar valor à marca. Vários projetos são realizados nas unidades para engajar público interno e externo. Um deles, o “Crescer Lendo”, já atingiu mais de 10 mil crianças que tiveram contato com a literatura na primeira infância. “Nós tínhamos uma preocupação com o entorno, mas aparecíamos pouco. Com estudo e levantamento de stakeholders, conseguimos criar ações mais efetivas”, contou.

Também foram apresentados os resultados de uma pesquisa realizada pela Aberje em Santa Catarina, com intuito de mapear o perfil dos profissionais de comunicação. Ricardo Castellani, gerente de comunicação Américas da Embraco e diretor do Capítulo Aberje Santa Catarina, ressaltou a necessidade de criação de mais cursos de graduação em relações públicas, além da importância de ter a comunicação como uma área estratégica das organizações. “Era uma briga nossa, que a comunicação se aproximasse da direção. Agora isso aconteceu, precisamos fortalecer o diálogo”, explicou.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email