Ágora Tech Park já tem 80% do espaço contratado

A 35 dias da inauguração, o Ágora Tech Park já está com 21 operações contratadas, o que representa ocupação de 80% do espaço disponível. Destacam-se aquelas formadas por importantes entidades, empresas de tecnologia, serviços, alimentação, capacitação, pesquisa e desenvolvimento, e startups, além de coworking. Foi realizada na sexta-feira, dia  22, no Perini Business Park, a reunião da vertical de negócios de manufatura da Acate.

O evento reuniu 15 empresas com o objetivo de  discutir questões relacionadas à Indústria 4.0. Também foi apresentado o laboratório de inovação aberta Link Lab, que conecta médias e grandes empresas e startups ao ecossistema de inovação e será um dos atores presentes no Ágora Tech Park.

No segundo semestre 

Com 6 mil m² de área construída, o primeiro prédio do Ágora disponibilizará salas de reuniões, locais para networking, eventos e ambientes para locação. Pollux Lab, Termica Solutions, grupo Meta, Associação Brasileira da Internet Industrial, Acate e CO.W. são exemplos de empresas que, a partir de 15 de março, estarão liberadas para iniciar a montagem das suas salas. No primeiro semestre de 2019 os estudos e o planejamento do segundo prédio estarão prontos.  

Diálogo

O Brasil precisa expor mais a economia à concorrência internacional. Mas não a faremos maneira irresponsável e abrupta. Vamos fazer o diálogo com a sociedade e os empresários de forma ampla, progressiva e coordenada com outras frentes da política econômica. A afirmação é do secretário de comércio exterior e assuntos internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, em reunião na Fiesc.

Disse  que não faz sentido fazer redução abrupta das tarifas de importação se não se consegue mexer na simplificação e desburocratização da empresa exportadora e importadora. 

Os melhores índices 

Santa Catarina é destaque nacional em indicadores socioeconômicos, aponta o estudo de Pnad Contínua, divulgado pelo  IBGE. No Estado, o nível de desemprego continua sendo o menor do país, apenas 6,4% do total de trabalhadores estão desocupados. O Estado também é o com menor percentual de pessoas trabalhando sem carteira assinada: 13,2%.

O levantamento mostra, ainda, que SC lidera a lista dos Estados com maior índice de carteira assinada: 86%. Mas, contrariamente ao discurso de agentes públicos, estamos quase no fim da lista dentre as unidades federativas no quesito negócio próprio. Apenas um quarto do total ( 21,8%) é empreendedor. 

Fonte: NSC Total – Cláudio Loetz

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email