Ágora e ACATE em Destaque no NSC Economia

Associação Catarinense de Tecnologia expande a atuação, buscando conectar cada vez mais todos os cantos do estado por meio da tecnologia

Ágora Tech Park, em Joinville, e sede da Acate, em Florianópolis, são ícones da expansão do setor no Estado
Ágora Tech Park, em Joinville, e sede da Acate, em Florianópolis, são ícones da expansão do setor no Estado (Foto: Montagem sobre fotos de Salmo Duarte AN e Marina Noceti, divulgação)
Daniel
(Foto: NSC Total)

Cada dia mais, o estado de Santa Catarina se consolida como um polo tecnológico de destaque no cenário nacional de inovação. Segundo pesquisa do Observatório Acate de 2018, referente ao ano de 2017, o faturamento registrado no estado foi superior a R$15 bilhões. São mais de 12 mil empresas de base tecnológica que respondem por 5,6% da economia do estado. Em números mais palpáveis, o Observatório identificou que o setor de tecnologia gera R$ 249 bilhões por ano.

Na Grande Florianópolis, já são R$ 6,64 bilhões de faturamento anual, correspondendo a 41,4% do faturamento total em tecnologia do estado. Em seu papel de capital, é natural que a cidade seja um destaque, mas outros pontos do estado vêm ganhando espaço, como o Norte e o Vale do Itajaí. No Vale, segundo o Observatório da Acate, o faturamento do setor de tecnologia corresponde a R$ 3,42 bilhões, representando 22% do total estadual.

A cidade de Blumenau, referência na região e que hoje é o polo com quinto maior faturamento médio do Brasil, foi onde, em Santa Catarina, a inovação e grandes empresas iniciaram seu desenvolvimento. Os dados do Observatório dão conta de que o faturamento da cidade hoje atinge os R$ 1,68 milhão, gerado por mais de 300 empresas, 500 empreendedores e 1.800 colaboradores para cada 100 mil habitantes.

Tech SC: fique por dentro do universo da tecnologia em Santa Catarina​​​​​​

Por sua importância, faz-se essencial a presença da Acate na região. A parceria firmada recentemente com a Blusoft, entidade que representa o setor de tecnologia na região, atua no sentido de fortalecer e valorizar iniciativas no Vale do Itajaí. Além disso, a cooperação entre as duas entidades visa desenvolver ainda mais o interior de Santa Catarina fortalecendo o setor tecnológico do estado e reforçando a Blusoft como representante local da Associação na região.

Seguindo a ideia de fortalecer Santa Catarina por meio da tecnologia, a Acate lidera a iniciativa Rede de Centros de Inovação, que teve início em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis. A ideia é criar e disponibilizar ambientes voltados ao estímulo da cultura de inovação e empreendedorismo; ativar o ecossistema de inovação; e gerar e escalar negócios inovadores na capital. Por conta dos resultados obtidos, a rede foi expandida para o estado e hoje conta com uma importante novidade: a inauguração do parque tecnológico Ágora Tech Park, em Joinville. O Ágora tem como objetivo funcionar como um ponto de encontro para ideias e realizações inovadoras, voltadas a transformar o dia a dia da cidade e de toda a região.

Ao responder por 19,8% do faturamento do setor de tecnologia catarinense, somando R$ 3,07 bilhões anuais, a região Norte do estado terá a Acate mais próxima — a Associação terá dentro do novo espaço um Link Lab — laboratório de inovação aberta que gera conexões entre startups e médias e grandes empresas que buscam inovar —, apoiando o ecossistema da região, já muito bem representado pela Softville, e buscando conectar cada vez mais todos os cantos do estado por meio da tecnologia.

*Daniel Leipnitz é presidente da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) .

Fonte NSC Economia

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email